Sound Me (2013)

Co-criação entre Ivani Santana, Franziska Schroeder e Miguel Ortiz. Colaboração da equipe do Prof. Tom Beyer da New York University.

Espetáculo de abertura do Sonorities Festival of Contemporary Music. Soundscape and Beyond. Sonic Lab, Belfast, Irlanda do Norte, Reino Unido, dia 24 de abril de 2013. A performance foi realizada entre a cidade irlandesa e Nova Iorque (EUA).

Essa Network Performance de “som-sensor-movimento” realizada entre Belfast e Nova Iorque utiliza a respiração como uma metáfora e os movimentos corporais da dançarina e dos músicos se tornam o elemento propulsor da obra. Nossa inspiração e expiração tornam-se portanto o “modus operandi” que faz dançarinos e músicos movimentarem-se utilizando a rede como um espaço compartilhado para a comunicação e intercâmbio com os parceiros remotos.

A respiração é a metáfora da vida e, nessa peça, nós combinamos as ideias da vida cotidiana com a ficcional que criamos na arte. Nosso intuito é explorar as formas com as quais nós fazemos contato, tocamos, comunicamos um com o outro, sendo a respiração um elemento essencial desse processo.

Duas dançarinas em Nova Iorque (network node A) e uma dançarina e dois músicos em Belfast (network node B) interagem através do uso de suas respirações, batimentos cardíaco, sons e movimentos. A batida do coracão do dançarino do espaço B é capturada e utilizada na composição sonora eletrônica.

Enquanto no espaço B a performance ocorre em um local cênico, no palco do Sonic Lab, em Nova Iorque as dançarinas interagem com o ambiente urbano criando a paisagem sonora inicial da performance e a contraposição de suas respirações em meio aos ruídos da cidade e com nossa sonoridade no teatro. Desta forma, o espaço cênico de Belfast fica implicado com o ambiente externo e cotidiano de uma rua de Nova Iorque na qual as dançarinas interferem.

Essa investigação faz parte do meu projeto de Pós Doutorado e está relacionado com a camada denominada “corpo orgânico” desenvolvida durante esse período de estudos. A pesquisa de pós doutoramento – Dramaturgias do Corpo Tele-Sonoro – foi realizada no Sonic Arts Research Center, Queen’s University Belfast, Irlanda do Norte, Reino Unido, sob a supervisão de Pedro Rebelo.(Bolsa CAPES).

Written by

No Comments Yet.

Leave a reply