Curadoria

A partir da aproximação antiga entre Mapa D2 e o Acervo Mariposa, nasce o convite para Nirvana Marinho, coordenadora e idealizadora do acervo, propor uma curadoria. Agora como pesquisadora e resultado da experiência diária com acervo de dança, proponho aqui uma cartografias da vídeodança no Brasil, seguindo os rastros da pesquisa Vid.br, depois os rastros dos festivais de vídeodanças, sobretudo Dança em Foco, e ainda o olhar atento de como um mercado nasce e renasce a cada exibição destes vídeos.

Para saber, Vid.br (www.acervomariposa.com.br/vidbr) foi uma iniciativa do Acervo Mariposa, em meados de 2008, ao largo da realização do veio principal deste programa cultural que se define por gerir um acervo de vídeos de dança. A pesquisa foi realizada por Rita Tatiana Cavassana, artista da dança e colaboradora assídua do Acervo.

Um certo próximo passo é olhar para a produção dos festivais de dança, especificamente aqueles voltados à produção de vídeodança. Destes: Dança em foco, Rio de Janeiro (com edições em outras cidades; desde 2003; http://www.dancaemfoco.com.br/), Festival Novadança, Brasília (desde 1997;http://festivalnovadanca.blogspot.com/), Play Rec (desde 2007) – destacamos o primeiro deles, por sua robustez, importância, e alcance nacional, congratulando uma videoteca online.

 

Intersecções entre acervo, mercado e o artista: porque vídeodanças

A metodologia desta curadoria é cartografar os vídeosdanças já coletados do Acervo Mariposa e constatar, seguir e rastrear sua inserção nos festivais. André esteve em algum festival? Qual? Voltou na edição seguinte? Com qual vídeo? E Alexandre? E Cynthia? E as obras, também ganharam alcance, como? Mais de que modos de criação intrínsecos a linguagem, o propósito é tracejar a produção a medida em que isso possa sinalizar seus modos de invenção, uma vez que corpo, vídeo e também criação e produção não estão desconexos em se tratando de corpo e mídias.

Mercado e celeiro como formas políticas e estéticas de difusão da dança. Se a dança é corpo de seu próprio meio, é tecnologia de si, presta-se uma curadoria sobre suas formas de nomadismo dentre os festivais a fim de inventarmos olhos de ver o tráfego, trânsito, relações, continuidades e descontinuidades do processo da linguagem vídeodança no Brasil. Boa viagem.

Artistas

O Eixo curatorial “Intersecções entre acervo, mercado e o artista: porque vídeodanças” é composto por obras dos seguintes artistas:

Alex Soares       Dora Pessoa        Joana Ferraz        Kika Nicoleta        Letícia Sekito        Sarah Ferreira

 

Créditos

MAPA E PROGRAMA DE ARTES EM DANÇA (E PERFORMANCE) DIGITAL
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
GRUPO DE PESQUISA POÉTICAS TECNOLÓGICAS: CORPOAUDIOVISUAL

Direção
Profa. Dra. Ivani Santana
Coordenação
Jacson do Espírito Santo
Gestão
Thayná Lima
Curadoria
Nirvana Marinho
Gerência de desenvolvimento
Bruno Rohde

Produção
Grupo de Pesquisa Poéticas Tecnológicas: GP Poética
www.poeticastecnologicas.com.br

Apoio
RedeClara
www.redclara.net
Acervo Mariposa
www.acervomariposa.com.br
Auxílio à Pesquisa
Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB)
www.fapesb.ba.gov.br

 

Nirvana Marinho

Artista da dança. Gestora Cultural. Graduada em 1999 pela UNICAMP, no curso de Dança(bacharelado e licenciatura). Mestra em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP (junho,2002)com a pesquisa “Modos do Corpo se Comunicar: O Gesto na Dança”. Doutora (2006, PUC-SP)sob orientação da Profa. Helena Katz na pesquisa “As políticas do corpo contemporâneo: LiaRodrigues e Xavier le Roy“. Especialização em Gestão Cultural, SENAC EAD, 2010-2011, emandamento. Participante do Programa de Capacitação em Projetos Culturais – parte avançadado MINC-FGV (desde março 2011). De junho/2003 à dez/2005, atuou como co-editora do site idança.net. Foi colaboradora mensal do site idança.net em 2007. Em 2008, atuou na UNESP como professora convidada do grupo de dança IAdança e no projeto Dança Vocacional da Secretaria Municipal de São Paulo. Em 2008-2009, realiza o projeto Acervo Mariposa comocoordenadora geral com patrocínio PETROBRAS. No triênio 2008-2010, faz parte da comissãoorganizadora do Seminário de Dança do Festival de Dança de Joinville, respondendo comoCoodenadora da edição 2011. Foi Coordenadora Pedagógica do Dança Vocacional de março ajulho de 2010. Participou de comissões de seleção para Programa Petrobras Cultural (2010),Prêmio Bravo (2011) e Edital Klauss Vianna (2011), também bancas de pesquisa na UNESP,PUC e USP. Desde 2006, se dedica a gestão do Acervo Mariposa, programa cultural de gestãodo acervo de vídeos de dança.

Contatos
Email: nirvana.marinho@gmail.com